Volumosos tratados com aditivos químicos: valor nutritivo e desempenho de ruminantes

T.V.C. Nascimento, G.G.P. de Carvalho, J.E. de Freitas Júnior, W.F. de Souza

Resumen


Objetivou-se reunir informações sobre a ação de aditivos químicos em volumosos para alimentação de ruminantes. Aditivos químicos podem melhorar a utilização de materiais de menor qualidade, como subprodutos da agroindústria e forrageiras com características indesejáveis, para os processos de ensilagem e fenação. Os principais aditivos químicos utilizados têm características alcalinas que interferem na fermentação de silagens, alterando o pH e, consequentemente, a composição da microbiota, o que favorece ou inibe grupos de microrganismos. Como resultados podem reduzir as perdas por gases e efluentes ou, ainda, diminuir a degradação dos carboidratos solúveis, bem como inibir a produção de metabólicos indesejáveis, como ácido acético e etanol. Aditivos alcalinos à base de sais de cálcio e de sódio podem beneficiar a modificação da parede celular, tornando alguns compostos mais expostos e favorecendo o aumento da digestibilidade da matéria seca. Já os aditivos ácidos podem reduzir as perdas e melhorar o aproveitamento do alimento pelos animais, constituindo-se interessante opção para reduzir as perdas na ensilagem e fenação, além de viabilizar o uso de materiais com características desfavoráveis para conservação. A utilização de aditivos químicos na produção de fenos e de silagens é, portanto, uma alternativa viável por melhorar o valor nutritivo dos alimentos, proporcionando respostas satisfatórias no desempenho de ruminantes.

Palabras clave


Ácido fórmico. Bagaço de cana. Benzoato de sódio. Carbonato de cálcio. Hidróxido de sódio. Óxido de cálcio.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v65i252.1932

Enlaces refback



Copyright (c) 2016 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494