Agentes causadores de mastite e relações entre a CCS com a produção e com a composição do leite em vacas leiteiras

M.M. França, T.A. Del Valle, M. Campana, L.P. Veronese, G. Nascimento, J.P.G. Morais

Resumen


Este estudo teve por objetivo avaliar o efeito da prevalência de patógenos causadores de mastite e da contagem de células somáticas (CCS) sobre a produção e composição do leite. Amostras de leite de 1163 vacas da raça Holandesa com 30.97±10.22 kg·d-1 de produção de leite foram coletadas e avaliadas. Staphylococcus spp. foi o patógeno mais prevalente. No geral, o aumento da CCS reduziu a produção de leite e a concentração de lactose e aumentou a concentração de proteína. Coliformes tiveram uma relação diferente entre CCS e teor de proteína no leite. A relação entre CCS e concentração de lactose foi diferente para S. aureus e Streptococcus spp. Lactose e proteína bruta são os componentes do leite mais sensíveis à variação da CCS e esta relação é dependente da presença do patógeno.

Palabras clave


Lactose. Patógenos. Proteina. Streptococuus spp. S. aureus.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v66i253.2124

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494