Taxas de alimentação para rã-touro com manejo alimentar automático e alta frequência alimentar

A.A. Castro, C.S. Argentim, M.A. Oliveira, M.A. Zacarkim, M.A. Agostinho

Resumen


Três taxas de alimentação (3, 4 e 5% do peso vivo/dia – PV/dia) com manejo alimentar automatizado e alta frequência alimentar (24 refeições/dia) para rã-touro (Lithobates catesbeianus) em sistema inundado foram avaliadas em 60 dias de experimento. Rãs-touro, com peso médio de 31,91±0,97 g, foram distribuídas em 12 baias inundadas de 20 m2 com densidade de 60 rãs/m2. Ração comercial extrusada para peixes carnívoros foi fornecida diretamente sobre a superfície da água por meio de alimentadores automáticos. O melhor crescimento das rãs, aos 20 e 40 dias de experimento, foi observado com as rãs alimentadas com taxa alimentar de 5% PV/dia, e ao final do experimento as rãs atingiram peso médio de 100,2 g, entretanto não houve diferença entre as taxas de alimentação. As taxas alimentares de 3, 4 e 5% PV/dia proporcionaram ao final do experimento conversão alimentar aparente de 1.08, 1.56 e 1.52, respectivamente, considerados excelente na criação de rãs. Rãs-touro criadas em temperatura ideal, com peso médio de 31,9 a 87,6 g, podem ser alimentadas com alta taxa alimentar (5% PV/dia) para maior crescimento. Quando a temperatura é menor que 25°C, a taxa alimentar de 3% PV/dia pode ser considerada mais adequada para rãs-touro pesando 87,6 a 100,2 g, pois apresentou taxa de conversão alimentar numericamente melhor, diminuindo os desperdícios de ração.

Palabras clave


Alimentação automática. Lithobates catesbeianus. Sistema inundado.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v66i253.2135

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494