Índice de seleção bioeconômico para fêmeas de corte da raça nelore

A. L. R. Tanaka, H. H. R. Neves, J. A. Oliveira, R. Carvalheiro, S. A. Queiroz

Resumen


A eficiência reprodutiva da fêmea Nelore foi descrita com base na precocidade sexual, permanência produtiva no rebanho (NP), produtividade materna (PM) e custo de mantença estimado (CM). A combinação dessas características deu origem ao índice bioeconômico retorno maternal (RMat), que estima o retorno em quilos de peso vivo produzidos por uma vaca em um ano. Em adição, incluiu-se a composição do peso produzido, adicionando à PM os escores de conformação, precocidade e musculatura a desmama, compondo o biótipo do bezerro. Foram consideradas precoces as fêmeas cuja idade ao primeiro parto foi inferior a 30 meses. A NP foi expressa pelo número de partos até 53 meses de idade. O CM foi calculado em função do consumo estimado de matéria seca da vaca. O RMat médio estimado foi 62,02±24,12 kg/vaca/ano. As estimativas da variância genética aditiva e residual do RMat, usando a metodologia da máxima verossimilhança restrita, sob um modelo animal unicaracterística, foram 195,35 e 242,96, respectivamente. A herdabilidade estimada para Rmat foi 0,45±0,02, indicando que o índice é herdável e pode ser aplicado na seleção para eficiência reprodutiva. A NP foi o componente de principal variação do RMat. Touros selecionados com base no RMat apresentaram filhas mais eficientes.

Palabras clave


Custo de mantença. Habilidade de permanência. Precocidade sexual. Produtividade materna.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v61i236.2209

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494