Antibióticos no setor avícola: uma revisão sobre a resistência microbiana

W.G.A. Bezerra, R.H. Horn, I.N.G. Silva, R.S.C. Teixeira, E.S. Lopes, Á.H. Albuquerque, W.C. Cardoso

Resumen


Desde a primeira aplicação prática da penicilina durante a Segunda Guerra Mundial, o uso de antimicrobianos se tornou uma ferramenta essencial para o tratamento de doenças infecciosas e, após este evento, muitos outros antibióticos passaram a ser descritos, testados e utilizados. Entretanto, o uso de antimicrobianos se extende além do tratamento terapêutico de humanos ou animais, uma vez que é utilizado em algumas partes do mundo na alimentação de animais de produção com o intuito de melhorar o desempenho e reduzir a mortalidade. Todavia, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, deve haver controle e restrição ao uso de antimicrobianos na produção animal, pois o uso indiscriminado pode selecionar bactérias resistentes em diversos ecossistemas. Com base nesse pressuposto, a União Europeia, por precaução, vetou o uso de antibióticos como promotores de crescimento na alimentação dos animais de produção no ano de 2006 e essa proibição fez com que muitos países, incluindo o Brasil, se adaptasse à nova legislação para continuar exportando a esse bloco econômico. A resistência às drogas antibacterianas pode ser codificada pelo cromossomo bacteriano ou em plasmídeos, o que facilita a difusão de genes. E é através desses mecanismos de intercâmbio genético que muitas bactérias se tornaram resistentes a múltiplas classes de agentes antimicrobianos, sendo este fenômeno denominado multirresistência. Esta problemática vem se tornando fonte de preocupação para a saúde pública, uma vez que não está claramente descrita a transferência de resistência à população humana pelo consumo da carne de frango. Diante do exposto, revisou-se o tema antibióticos no setor avícola e reuniu-se informações sobre a descoberta e uso dos antimicrobianos, seus mecanismos de ação e de resistência, bem como os impactos dessa problemática na avicultura. Adicionalmente, com esse estudo pôde-se observar uma lacuna na literatura científica devido à escassez de trabalhos acerca dessa temática na avicultura.

Palabras clave


Bactéria. Promotores de crescimento. Transferência de genes.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v66i254.2335

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494