Dietary lysine: calorie ratio on performance, blood parameters and apparent nutrient digestibility in pigs from 50 to 70 kg

E.R.S. Gandra, J.R. Gandra, F.H.L. Budiño, D.C.Z. Donato, P.D.S.R. Garcia, D.A. Berto, M.A. Trindade Neto

Resumen


Foram realizados três ensaios para estimar o nível ótimo de lisina (Lis) na dieta e a sua relação com a energia metabolizável (EM) utilizando suinos de 50 a 70 kg de peso vivo. O primeiro com 72 leitões (49,75 ± 0,41 kg de peso inicial) e o segundo com 72 leitoas (46,05 ± 0,38 kg de peso inicial). Os níveis dietéticos de Lis foram: 7,00; 8,00; 9,00; 10,00; 11,00 e 12,00 g / kg, e 14,25 MJ / kg de EM. O terceiro com 12 leitões e 12 leitoas alimentados com (7,00, 9,00, 10,00 e 12,00 Lis g / kg) para avaliar a digestibilidade aparente dos nutrientes. No primeiro ensaio, houve um aumento linear para a conversão alimentar, consumo de proteína bruta (g / dia) (CPI) e eficiência de proteína bruta (CPE) das leitoas de 0 a 16 dias. De 0 a 32 dias, os níveis de lisina na dieta continuaram a apresentar aumento linear de CPI e CPE e um efeito quadrático sobre o ganho de peso relativo (GPR) das marrãs. Houve aumento linear no CPE para leitões de 0 a 16 dias e efeito quadrático no CPI de 0 a 32 dias. Os dados da digestibilidade não mostraram interação entre o sexo e os níveis de Lis, embora a retenção de nitrogênio (g) tenha sido maior nas leitoas do que nos leitões. Assim, concluiu-se que para as leitões e leitões de 50 a 70 kg, os níveis recomendados foram 10,14 e 7,00 g / kg de Lis ou 0,71 e 0,49 g de Lis / MJ EM, respectivamente.

Palabras clave


Aminoácidos. Atributos de carcaça.Conversão alimentar. Nutrição leitões e leitoas. Leucócitos.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v67i257.3500

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2018 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494