Primeiros resultados reprodutivos e produtivos do porco Ribatejano

R. Charneca, C. Requetim, A. Freitas, J. Neves, J. Martins, J.L.T. Nunes

Resumen


Este trabalho pretendeu estudar comparativamente, parâmetros reprodutivos e produtivos das raças suínas Bísara (BI) e Alentejana (AL) utilizadas em cruzamento recíproco para a obtenção do porco Ribatejano. Nove porcas e marrãs AL e seis marrãs BI foram cobertas por varrascos BI e AL, respetivamente. Registaram-se as datas de cobrição e parto e os tamanhos da ninhada ao parto e aos 28 dias. As fêmeas AL apresentaram uma gestação mais curta (111±0,4d vs 113,7±0,5d; P=0,002). As fêmeas BI apresentaram ninhadas maiores quer em nascidos totais (11,0±1,0 vs 6,7±0,8; P=0,004), quer em nascidos vivos (10,0±1,0 vs 6,7±0,8; P=0,026). A mortalidade até ao desmame não foi diferente entre genótipos (P=0,255) apresentando uma taxa média de 12%. Aos 28d as ninhadas das fêmeas BI permaneciam maiores (8,5±0,8 vs 6,1±0,6; P=0,032). Em 4 marrãs de cada genótipo foram acompanhados o parto e a lactação até aos 28d, pesando-se os leitões ao nascimento, às 24h e aos 28d. O parto teve uma duração média de 97±22min, não sendo diferente entre genótipos (P=0,253). Quando comparados com os leitões ALBI (ALxBI), os leitões BIAL (BIxAL) pesavam mais ao nascimento (1402±46g vs 1209±36g; P=0,002). A ingestão de colostro por kg de peso vivo nas primeiras 24h foi similar entre genótipos (P=0,735), apresentando um valor de 289±15g para os leitões ALBI e de 281±19g para os leitões BIAL. O ganho médio diário até aos 28 dias e o peso dos leitões a essa idade não foi diferente entre genótipos (P=0.161 e P=0.091), e apresentaram valores médios de 195±6g e 6761±181g, respetivamente. O peso da ninhada aos 28 dias tendeu a ser maior (P=0,058) em ninhadas ALBI (56,6±4,0kg) quando comparadas com as ninhadas BIAL (43,2±4,0kg). Estes resultados, obtidos no âmbito do projeto europeu Treasure são, aparentemente, os primeiros registos acerca deste cruzamento e poderão ser usados no futuro como referência para estudos e para criadores que equacionem fazer este cruzamento para uma utilização comercial.

Palabras clave


Tamanho ninhada. Leitões. Ingestão de colostro. Taxa de mortalidade. Ganho médio diário.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v67iSupplement.3587

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2018 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494