Endogamia em um rebanho de caprinos da raça Anglo Nubiana

J.E.R. Sousa, R.D.M. Paiva, W.H. Sousa, D.A.E. Façanha, S.F. Nunes, J.H.G. Morais, M.S.M. Souza, J.B. Ferreira

Resumen


O objetivo desta pesquisa foi descrever a estrutura da população e avaliar os efeitos da endogamia sobre peso corporal em diferentes idades em caprinos Anglo Nubiana. Foram utilizados dados de pedigree de 1.104 animais nascidos de 1980 a 2010. O programa Endog foi utilizado para analise do pedigree e estimação dos parâmetros populacionais. O efeito da endogamia foi verificado pelo teste t, avaliando contraste por meio de uma sub-rotina do aplicativo MTDFREML. Do total de animais estudados, 85,96% apresentaram pedigree na primeira ascendência, 41,51% na segunda e 15,82% na terceira. O coeficiente médio de endogamia (F) e de relação (AR) foi de 1,1% e 3,14% respectivamente. O número efetivo de animais fundadores e de ancestrais foi igual (29). Os 11 principais ancestrais explicaram 50% da variância genética total. Depressão endogâmica significativa foi encontrada para PN, P56, P140 e P168 dias de idade.

Palabras clave


Depressão endogâmica. Caprino. Tamanho efetivo.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v67i259.3801

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2018 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494