Validação experimental de modelos matemáticos para a predição do volume e área superficial de ovos

F. A. Damasceno, B. Bertoldo, J. Oliveira, C. A. Oliveira, L. Schiassi, A. R. Silva

Resumen


Em razão da grande importância das características geométricas do ovo na agroindústria, objetivou-se, com o presente estudo, validar experimentalmente diversos modelos matemáticos do volume e área superficial de ovos, utilizando equações empíricas ajustadas e da literatura, visando a melhoria na precisão do cálculo destes parâmetros. Para isso, 450 amostras de ovos foram coletadas, sendo 150 ovos brancos, 150 ovos vermelhos e 150 ovos de codorna. Cada ovo foi pesado e suas dimensões (comprimento e largura) foram medidas utilizando um paquímetro digital. O volume real de cada ovo foi determinado pelo método de imersão em água. A área superficial, bem como o volume, das amostras foram obtidos por equações empíricas ajustadas, método computacional e por meio de equações da literatura. Com base nos resultados, os ovos vermelhos possuem peso, volume e área superficial estatisticamente maiores em relação os ovos brancos e de codorna (P<0,05; Scott-Knott). Todos os modelos para estimativa do volume e da área superficial de ovos, propostos neste trabalho e oriundos da literatura, apresentaram valores médios próximos ao real. A análise de imagem dos ovos, que é não invasiva e não destrutiva adequada, é uma boa alternativa aos métodos destrutivos convencionais.

Palabras clave


Avicultura. Geometria. Modelagem matemática. Produção de ovos.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v64i247.407

Enlaces refback



Copyright (c) 2015 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494