Polimorfismos do gene BoLA-DRB3 em rebanhos bovinos leiteiros 5/8 Girolando e Holandês no estado de Pernambuco

L. F. Vilaça, W. J. Diniz, T. F. Melo, J. C. Oliveira, S. Guido, C. E. V. L. Brito, N. A. Costa, K. R. Santoro

Resumen


A região BoLA (Bovine Lymphocyte Antigen) tem recebido atenção por seus alelos terem ação sobre funções imunológicas e características de produção. O presente estudo teve por objetivo a identificação e associação dos polimorfismos do gene BoLA-DRB3.2 em 145 vacas leiteiras 5/8 Girolando e Holandês, em rebanhos de referência no Estado de Pernambuco. Identificaram-se 39 alelos com frequências alélicas variando entre 0,42 e 15,97 %, sendo os alelos mais frequentes 0101 (6,13 %), R (14,11 %) e 1101 (14,72 %). Verificaram-se valores baixos de similaridade, demonstrando maior variabilidade genética entre os animais. A estimativa de distância entre os rebanhos Holandês e 5/8 Girolando, foi de 0,075. A heterozigosidade observada (Ho) apresentou valores menores que a heterozigosidade esperada (He). Observou-se um elevado polimorfismo do gene BoLA-DRB3.2 para os rebanhos estudados e um elevado número de alelos que desempenharam efeitos positivos na produção de leite, com destaque para os alelos 16 e 0101.

Palabras clave


Bovino. Complexo MHC. Mastite. Produção de leite.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v65i249.435

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2016 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494