Composição mineral de espécies arbóreas e arbustivas em pastagens, Pernambuco-Brasil

A.C.S. de Almeida, R.L.C. Ferreira, M.V.F. dos Santos, M. de A. Lira, J.A.A. da Silva, S.B.P. de Lima, M.V. da Cunha, G.H. Sampaio

Resumen


O objetivo desse trabalho foi avaliar nos períodos seco e chuvoso de cada região a composição mineral de espécies arbóreas e arbustivas ocorrentes em áreas de pastagem dos Municípios de Itambé, Caruaru e Serra Talhada, nas zonas fisiográficas Mata, Agreste e Sertão de Pernambuco. Foram coletadas folhas e galhos com até 5,0 mm de diâmetro, para a determinação dos teores de N, P, Mg e K. Foram encontradas, respectivamente 5, 8 e 14 espécies arbustivas arbóreas nas pastagens estudadas de Itambé, Caruaru e Serra Talhada. Para Itambé, o teor de N variou conforme a espécie, enquanto que o P e K variaram conforme a espécie e época do ano. As espécies encontradas em Caruaru, não sofreram influência da época de coleta para N, P e Mg. Em Serra Talhada apenas P e K sofreram interação época do e ano e espécie. As espécies analisadas apresentaram em geral composições químicas mais satisfatórias no período chuvoso.

Palabras clave


Agreste. Espécies nativas. Espécies cultivadas. Sertão. Zona da Mata.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v60i231.4513

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2011 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494