Análises de dados longitudinais em bovinos Nelore Mocho por meio de modelos não lineares

F. B. Lopes, C. U. Magnabosco, F. M. de Souza, A. S. de Assis, L. C. Brunes

Resumen


Objetivou-se determinar o modelo mais adequado para descrever o crescimento de bovinos Nelore Mocho. Quatro modelos não lineares (Brody, Von Bertalanffy, Gompertz e Logístico), foram ajustados pelo método de Gauss-Newton, utilizando o procedimento NLIN do SAS. Os dados de peso e idade do nascimento à idade adulta de bovinos nascidos entre 2000 e 2013 foram provenientes do rebanho da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Cerrados, situada em Brasília - DF. A qualidade do ajuste dos modelos foi feita por meio do quadrado médio do resíduo, do coeficiente de determinação ajustado, do erro de predição, do desvio médio absoluto dos resíduos, da interpretação biológica dos parâmetros peso assintótico (A) e taxa de maturidade absoluta (k), do gráfico de pesos observados e estimados, da taxa de crescimento instantânea e relativa, bem como da taxa de maturidade absoluta. As estimativas médias para A e k foram 543,40 kg e 0,00138 %/dia, 402,00 kg e 0,00323 %/dia, 378,00 kg e 0,00410 %/dia e 346,00 kg e 0,00657 %/dia, para os Modelos de Brody, Von Bertalanffy, Gompertz e Logístico respectivamente. Dentro do período analisado, o modelo de Brody foi o mais indicado para representar a curva de crescimento de animais da raça Nelore Mocho.

Palabras clave


Curva de crescimento. Maturidade. Melhoramento genético. Peso assintótico.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v65i250.478

Enlaces refback



Copyright (c) 2016 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494