Efeito da endogamia sobre pesos pré-desmame em bovinos da raça Nelore mocho criados a pasto no bioma Cerrado

F. B. Lopes, C. U. Magnabosco, F. M. de Souza, A. S. de Assis, L. C. Brunes

Resumen


Objetivou-se com este trabalho analisar a tendência genética direta e maternal e estudar os efeitos da endogamia sobre pesos padronizados aos 120 (P120) e 210 (P210) dias de idade, em bovinos da raça Nelore pertencentes ao rebanho da Embrapa Cerrados. Os dados foram coletados no período de 1990 a 2010. Os valores genéticos foram preditos por soluções de equações de modelo animal. O coeficiente de endogamia foi calculado por meio do aplicativo MTDFREML. A matriz de parentesco incluiu 23 513 animais, cuja estimativa média e máxima de endogamia foi 2,17 e 14,10 %, respectivamente. Porém, a média da endogamia do rebanho pode ser considerada baixa, quando comparada à de outros estudos. Os resultados indicaram que a endogamia direta provocou redução no mérito genético individual para os pesos padronizados aos 120 e 210 dias de idade, possivelmente, devido à redução na variância genética aditiva.

Palabras clave


Consanguinidade. Crescimento animal. Habilidade maternal. Melhoramento animal.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v65i250.485

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2016 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494