Influência dos fatores abióticos no fluxo de biomassa e na estrutura do dosel.

M. M. M. Vieira, W. J. E. Mochel Filho

Resumen


Em gramíneas tropicais, taxas de aparecimento e alongamento de folhas e a duração de vida das folhas são características influenciadas pelos fatores de crescimento como: luz, temperatura, água e fertilidade do solo que por sua vez são afetados pelo manejo adotado: altura, índice de área foliar, frequência e intensidade de pastejo, dentre outros. O entendimento das respostas destas variáveis às diferentes condições de manejo é essencial à formulação de práticas de manejo mais aperfeiçoadas, fundamentadas em conceitos morfofisiológicos. Muitas informações sobre a influência dos fatores abióticos na estrutura do dossel das gramíneas tropicais têm sido geradas no Brasil, o que muito têm contribuído para o nosso entendimento sobre o crescimento das gramíneas e a dinâmica do fluxo de biomassa do pasto. Entretanto, o uso direto destes fatores no manejo de pastagens é ainda incipiente. Portanto, é apresentada e discutida a influência dos fatores abióticos no fluxo de biomassa e na estrutura do dossel, resultados gerados ao redor do mundo e algumas possibilidades de seu uso para orientação do manejo, direta ou indiretamente.

Palabras clave


Perfilhamento. Produção de forragem. Morfofisio-logia do dossel. Senescência.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v59i232.4904

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2009 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494