A própolis e sua utilização em animais de produção.

S. Coelho, J. H. V. Silva, E. R. A. Oliveira, A. L. L. Amâncio, N. V. Silva, R. M. B. Lima

Resumen


A própolis é um produto natural utilizado durante séculos pela humanidade e administrada sob diversas formas. Sua utilização ocorreu como apiterápico há séculos na medicina popular como agente antiinflamatório. Já foram identificados mais de 200 compostos químicos, de modo geral, a própolis contém 50-60% de resinas e bálsamos, 30-40% de ceras, 5-10% de óleos essenciais, 5% grãos de pólen, além de microelementos como alumínio, cálcio, estrôncio, ferro, cobre, manganês e pequenas quantidades de vitaminas B1, B2, B6, C e E. A própolis é conhecida principalmente, por suas propriedades antimicrobiana, antioxidante, antiinflamatória, imunomodulatória, hipotensiva, cicatrizante, anestésica, anticancerígena, anti-HIV, e anticariogênica. As investigações sobre as propriedades antibióticas da própolis têm sido conduzidas sobre tudo na área médica e veterinária, onde o produto tem demonstrado uma eficiente atividade bacteriostática e bactericida em relação a diversos gêneros de bactérias, porém poucos trabalhos, de ordem zootécnica, têm sido realizados, considerando-se as respostas dos animais, relacionadas a algumas dessas atividades biológicas.

Palabras clave


Apicultura. Extrato de própolis. Índices zootécnicos.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v59i232.4909

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2009 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494