Implicações desfavoráveis do melhoramento animal nas espécies zootécnicas: uma revisão.

M. Sbardella, L. G. Gaya

Resumen


Os efeitos desfavoráveis associados ao melhoramento de espécies zootécnicas têm se tornado mais evidentes devido a problemas de desempenho detectados em populações com elevado mérito genético, resultantes da seleção indireta para características comportamentais, fisiológicas e imunológicas. Especialmente no gado leiteiro, suínos e frangos de corte, a seleção para características de interesse econômico trouxe grande impacto sobre o crescimento, reprodução e metabolismo geral dos animais, muitas vezes exigindo mais atenção dos melhoristas às respostas correlacionadas dos critérios de seleção utilizados. Assim, esta revisão tem como objetivo discorrer sobre os principais aspectos desse impacto desfavorável do melhoramento das espécies zootécnicas, o que pode contribuir para um estabelecimento mais adequado das estratégias utilizadas nos programas de seleção.

Palabras clave


Bem-estar animal. Correlação genética. Doenças da produção. Saúde. Seleção indireta.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v59i232.4912

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2009 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494