Isolamento visual ou espacial em ruminantes.

H. A. Santana Júnior, E. O. Cardoso, F. F. Silva, J. A. Marques, F. B. L. Mendes, G. Abreu Filho

Resumen


A produção animal em sistemas intensivos tem se ampliado no mundo, sempre visando à elevação de índices produtivos e retorno econômico, respectivamente. Essa verticalização da pecuária tem provocado algumas adaptações de manejo e também nas instalações, que tem alterado o comportamento dos animais, oriundo das restrições tanto visual como espacial do indivíduo. Na pecuária leiteira, a criação de bezerros em baias individuais é um exemplo dessa verticalização, tornando então uma prática comum em muitos países. Sabendo que os bovinos são animais sociais que mostram alta disponibilidade para formar vínculo social com outros indivíduos da mesma espécie, alguns órgãos têm implantado legislações para garantir um mínimo de conforto para esses animais. Um estudo sistemático das preferências sociais dos animais e os efeitos calmantes do animal companheiro de familiaridade diferente são necessários para documentar a resposta à separação. Objetivou-se com esta revisão, apresentar e discutir o efeito do isolamento espacial e/ou visual sobre as respostas produtivas e comportamentais de animais ruminantes.

Palabras clave


Estresse. Etologia. Separação Social.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v60i232.4916

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2010 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494