Adição de ácidos graxos insaturados melhora os processos digestivos de vacas leiteiras no terço médio de lactação

J. E. Freitas Júnior, F. P. Rennó, J. R. Gandra, L. N. Rennó, A. C. Rego, M. V. Santos, M. D. S. Oliveira, C. S. Takiya

Resumen


Objetivou-se neste estudo avaliar o uso de fontes de ácidos graxos insaturados nas rações de vacas leiteiras sobre o balanço de nutrientes e o perfil de ácidos graxos do leite. Foram utilizadas 12 vacas Holandesas no terço médio de lactação (média de 128 dias) e (580 kg de peso corpóreo) com produção média de leite de 25 kg/dia distribuídas aleatoriamente em três quadrados latinos balanceados 4x4 alimentadas com as seguintes dietas: 1) controle (CO); 2) óleo de soja refinado; (SO); 3) grão de soja integral (WS) e; 4) sais de cálcio de ácidos graxos insaturados (CSFA). A produção de leite obtida foi de 26,6; 26,4; 24,1 e 25,7 kg/dia para as dietas CO, SO, WS e CSFA respectivamente. As vacas alimentadas com as dietas OS, GS e SCAG apresentaram menores consumos diários de MS, MO, PB, EE, CT, CNF e NDT em relação às vacas do tratamento CO. Os animais alimentados com as dietas contendo ácidos graxos apresentaram maiores valores de digestibilidade da MS e EE em relação a dieta CO. A suplementação de ácidos graxos aumentou os valores de pH e as concentrações de N-NH3 no rúmen. As excreções de alantoína, ácido úrico, alatoína do leite, derivados totais de purinas, total de purinas absorvidas, nitrogênio microbiano, e eficiência microbiana não diferiram entre as dietas experimentais. O uso de ácidos graxos insaturados na dieta de vacas leiteiras altera a eficiência digestiva da dieta dependendo da forma suplementada.

Palabras clave


Consumo. Digestibilidade. Lipídeos. Grão soja cru.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v63i244.506

Enlaces refback



Copyright (c) 2014 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494