Influência da queima e aditivos químicos e bacterianos na composição química de silagens de cana-de-açúcar

G. R. Siqueira, R. A. Reis, R. P. Schocken-Iturrino, T. F. Bernardes, A. J. V. Pires, M. T. P. Roth, R. C. Amaral

Resumen


Objetivou-se avaliar o efeito da queima e do tratamento com aditivos químicos (uréia, benzoato de sódio e hidróxido de sódio) e inoculantes microbiológicos (Propionibacterium acidipro-pionici + Lactobacillus plantarum e Lactobacillus buchneri) na ensilagem da cana-de-açúcar, utilizando o esquema fatorial 2 (cana-de-açúcar crua e queimada) x 6 (cinco aditivos uréia, benzoato de sódio, hidróxido de sódio, Propionibacterium acidipropionici + Lactobacillus plantarum e Lactobacillus buchneri mais o grupo controle). Avaliou-se a composição química da forragem antes de ensilar e após a abertura dos silos. Observou-se concentração dos teores de FDN em todas as silagens, de 51,3% (antes da ensilagem) para 67,8% após a abertura dos silos. Maiores recuperações da matéria seca digestível verdadeira, 83,6 e 79,8% foram observadas nas silagens de cana-de-açúcar queimada e tratadas com NaOH ou com L. buchneri, respectivamente. Observou-se elevação da recuperação da matéria seca digestível de 45% nas silagens de cana crua controle para 74,3% nas silagens tratadas com L. buchneri. Nas silagens de cana queimada as melhores recuperações dessa fração foram observadas nas silagens tratadas com NaOH (83,6%) e nas com L. buchneri (79,8%). Os aditivos NaOH e L. buchneri foram os mais eficientes em controlar as perdas qualitativas durante o processo fermentativo da ensilagem da cana-de-açúcar crua ou queimada.

Palabras clave


Aditivos. Fermentação. Inoculantes. Silagem.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v58i221.5319

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2007 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494