Determinação dos valores energéticos e da composição química do resíduo seco de fecularia para frangos de corte

J. Broch, I.M. Da Silva, I.C. Pires Filho, C. Souza, L. Wachholz, C. Eyng, R.V. Nunes

Resumen


O objetivo do trabalho foi determinar os valores energéticos e a composição química do resíduo seco de fecularia (RSF) para frangos de corte. Os tratamentos foram distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, em um esquema fatorial 2x5, constituídos de dois sexos e cinco níveis de inclusão do RSF (0; 10; 20; 30 e 40%), totalizando dez tratamentos e quatro repetições, com quatro aves por unidade experimental. O período experimental teve duração de dez dias, sendo cinco dias de adaptação e cinco de coleta de excretas. As amostras de excretas, rações e RSF foram secas em estufas de circulação forçada de ar a 55ºC. A composição bromatológica para o RSF foi de 89,86% de MS, 0,98% de PB, 3519 kcal kg-1 de EB, 0,19% de EE, 27% de FDN, 19,5% de FDA, 0,33% de cálcio, 0,43% de fósforo, 0,46% de potássio, 0,12% de magnésio, na matéria natural. Os valores médios de energia metabolizável aparente (EMA), EMA corrigida pelo balanço de nitrogênio (EMAn), coeficiente da EMA (CMA) e coeficiente da EMAn (CMAn) do RSF, na matéria natural, foram de 1598 kcal kg-1, 1605 kcal kg-1, 45,42% e 45,61%, respectivamente. De acordo com as equações o valor de EMAn encontrado pode variar de 1789 kcal kg-1 a 1808 kcal kg-1.

Palabras clave


Avicultura. Coproduto. Fibra. Metodologias. Nutrição.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v69i267.5355

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2020 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494