Caulim como marcador de consumo de suplemento e excreção fecal de bovinos a pasto

L. Caramalac

Resumen


Esta revisão de literatura teve como objetivo abordar de forma sucinta o uso de caulim como marcador externo na estimativa de consumo de matéria seca de suplemento e excreção fecal bovinos a pasto. Muitos marcadores apresentam certas limitações de uso, e nesse contexto o caulim é um possível marcador com aplicabilidade, pois apresenta características aceitáveis. Sua quantificação é realizada indiretamente através do alumínio presente no composto, e o teor do mesmo, determinado pelo método analítico colorimétrico com aluminon. Atualmente, pesquisas em nutrição animal tem apresentado informações interessantes, porém, falhas na metodologia analítica do composto tem apresentado resultados não satisfatórios. Uma alternativa eficaz, é o método de digestão ácida com mistura nitroperclórica associado ao ácido fluorídrico. Assim, a busca por novas metodologias acessíveis, práticas, de baixo custo que promove resultados acurados, precisos e robustos para a quantificação do teor de Al no caulim, se faz necessário diante desse cenário.

Palabras clave


Alumínio. Consumo de matéria seca. Digestibilidade.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v70i269.5423

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2021 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494