Características de carcaça de ovinos alimentados com subproduto da goiaba

N. V. da Silva, R. G. Costa, G. R. de Medeiros, A. N. de Medeiros, S. Gonzaga Neto, M. F. Cezar, M. C. A. Cavalcanti

Resumen


Avaliou-se as características da carcaça de 40 ovinos Santa Inês, não castrados, com peso médio inicial de 17,4±1,3 kg e idade média de 120 dias, abatidos aos 105 dias de confinamento com peso corporal de 32 kg. Os animais confinados em baias individuais foram alimentados com rações contendo níveis crescentes (0, 20, 40 e 60 %) de subproduto agroindustrial da goiaba em subs-tituição do milho. Utilizou-se o delineamento inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e dez repetições. Houve efeito da dieta sobre o peso e rendimento de carcaça e cortes comerciais. O nivel de 60 % do milho proporcionou menores: pesos de carcaça quente (11,9 kg) e fria (11,8 kg), rendimentos de carcaça quente (42,1%) e fria (41,7 %), área de olho de lombo (9,9 cm2) e musculosidade (0,33 g/cm), porém maior conteúdo do tracto gastrointestinal (7,4 kg) em relação às demais dietas. Em níveis de até 40 % do milho, o subproduto agroindustrial da goiaba proporciona carcaças com pesos, rendimentos e musculo-sidades satisfatórias.

Palabras clave


Cordeiro. pH. Psidium guajava. Santa Inês.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v63i241.560

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2013 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494