Farinha do mesocarpo do babaçu em rações de frangos de corte na fase inicial

L. A. Cruz, R. G. M. V. Vaz, J. C. Siqueira, G. F. Silva, K. F. Rodrigues, J. H. Stringhini, A. T. Ramos, J. P. De Sousa, M. Calixto, F. L. R. Fonseca

Resumen


Objetivou-se avaliar o desempenho produtivo, rendimento de carcaça e proteínas do sangue de 200 frangos de corte (machos, Cobb 500), no período de 8 a 21 dias de idade, alimentados com dietas a base de milho e farelo de soja contendo 0, 6, 12 e 18 % de farinha do mesocarpo de babaçu (Orbignya martiana) (FMB), distribuídos em delineamento experimental inteiramente casua-lizado com 4 tratamentos (níveis de FMB, rações formuladas para serem isoenergéticas e isopro-téicas), 5 repetições, sendo cada parcela experimental composta por 10 aves. Aos 21 dias de idade as aves foram abatidas para avaliação de rendimento de carcaça, e proteínas do sangue. A inclusão da FMB não afetou o consumo de ração, porém piorou o ganho de peso e a conversão alimentar no nível de 18 %. O rendimento de car-caça foi afetado nos maiores níveis de inclusão. Os menores níveis de proteína total e globulinas foram observados na inclusão de 6 %. Conclui-se que a adição de até 12 % de farinha do mesocarpo de babaçu nas rações não compromete o desempenho. A inclusão de FMB aumenta o custo por kg de frango produzido e reduz a margem bruta, sendo economicamente inviável.

Palabras clave


Alimento alternativo. Co-produto. Proteínas plasmáticas.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i240.623

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494