Características sensoriais de ovos armazenados em diferentes embalagens sob temperatura ambiente

A. M. Scatolini-Silva, H. Borba, A. Giampietro-Ganeco, T. M. A. Lima, R. C. Dourado, M. P. Berton, P. A. Souza

Resumen


O presente estudo objetivou avaliar as características sensoriais de ovos, de casca branca, higienizados ou não, armazenados em diferentes condições de embalagens, sob temperatura ambiente. Foram utilizados 200 ovos, distribuídos em um DIC em esquema fatorial 3x2x4+1, sendo três condições de embalagens (filme PVC, vácuo parcial e vácuo parcial com sequestrantes de gás oxigênio), quatro períodos de armazenamento (7, 14, 21 e 28 dias), higienizados ou não, e testemunha (ovos frescos), com 4 repetições 2 ovos cada, e 10 julgadores. Foram realizadas avaliações visuais e olfativas dos ovos nos diferentes períodos de armazenamento, por análise descritiva quantitativa (ADQ) em escala não estruturadas de 9 cm. A condição de vácuo parcial mostrou que os ovos foram rejeitados pela aparência externa e interna, e odor externo da casca, principalmente se não higienizados. E ainda nesta condição, foram percebidos odores azedos e gemas opacas. Na condição de vácuo com sachês sequestrantes de O2 foram notados odores de podre, principalmente quando higienizados. Conclui-se que, ovos embalados em filme de PVC mostraram melhores aceitações em todos os atributos avaliados, independente de terem sido higienizados.

Palabras clave


Filme aparência. Higienização. PVC. Vácuo.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i240.625

Enlaces refback



Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494