Desempenho e perfil plasmático de vacas leiteiras alimentadas com grão de soja integral ou moído

A. B. Naves, R. V. Barletta, J. R. Gandra, J. É. Freitas Júnior, L. C. Verdurico, B. C. Benevento, R. D. Mingoti, F. P. Rennó

Resumen


O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de diferentes formas de utilização de grão de soja integral e moído em diferentes peneiras e seus efeitos sobre o consumo de matéria seca, produção e composição do leite e os parâmetros sanguíneos. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandesa, agrupadas em três quadrados latinos balanceados 4x4, alimentadas com as seguintes rações: 1) controle (C); 2) grão de soja integral (GI); 3) grão de soja moído 2 mm (G2), e 4) grão de soja moído 4 mm (G4). Houve redução no consumo de matéria seca em vacas suplementadas com as rações contendo grão de soja integral ou moído em relação à ração controle. Os parâmetros de produção e composição do leite, não foram influenciados pelas dietas experimentais. Não houve efeito das dietas fornecidas para as vacas sobre as concentrações dos parâmetros sanguíneos, glicose, ureia, nitrogênio ureico no soro (NUS), proteína total, albumina e as enzimas hepaticas aspartato aminotranferase (AST) e gama glutamil transferase (GGT) exceto para colesterol total e colesterol-HDL. O processamento do grão de soja cru não alterou o desempenho produtivo e o perfil plasmático de vacas leiteiras no terço médio de lactação.

Palabras clave


Composição do leite. Metabolismo.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i240.628

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494