Balanço de nitrogênio em suínos, machos castrados (15-30 kg), alimentados com baixa proteína e diferentes níveis de isoleucina digestível

L. D. Castilha, P. C. Pozza, R. V. Nunes, D. B. Lazzeri, M. E. Neumann, E. Richart

Resumen


Foram utilizados vinte suínos mestiços, machos castrados, com peso vivo inicial médio de 22,26 ± 1,79 kg; distribuídos individualmente em gaiolas de metabolismo, em um delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco tratamentos (0,45; 0,52; 0,59; 0,66; 0,73 % de isoleucina digestível) e quatro repetições. As dietas foram formuladas à base de milho e farelo de soja, com baixa proteína bruta (14,15 %), e diferentes níveis de isoleucina digestível. As dietas foram umedecidas e fornecidas duas vezes ao dia (7 e 19 h) para reduzir perdas e facilitar a ingestão. O período experimental teve duração de 12 dias, sendo 7 dias para adaptação às gaiolas metabólicas e rações experimentais e 5 dias de coleta total de fezes e urina. Posteriormente, foi determinado o teor de matéria seca das fezes e o teor de nitrogênio (N) das fezes e urina, bem como o nitrogênio da uréia plasmática. Foram, então, calculados o consumo de N, excreção de N (fezes e urina), N absorvido, N retido, N absorvido/N retido, N retido/N consumido, N retido/N absorvido e excreção total de N. Obteve-se significância (p<0,05) apenas para o nitrogênio ingerido (g/kg PV0,75/dia), em que o modelo linear apresentou aumento nos valores de N ingerido à medida que aumentaram os níveis de isoleucina digestível nas rações.

Palabras clave


Isoleucina. Nitrogênio. Suínos.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i240.637

Enlaces refback



Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494