Digestibilidade aparente de farinha de carne e ossos de peixe para tilápia do Nilo

A. C. Godoy, E. Fries, A. F. Corrêia, I. W. A. Melo, R. B. Rodrigues, W. R. Boscolo

Resumen


Este trabalho foi realizado com o objetivo de determinar a digestibilidade aparente da proteína bruta, extrato etéreo, energia bruta, cálcio e fósforo das farinhas de carne e ossos de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), do catfish (Ictalurus punctatus), do pintado (Pseudoplatystoma corruscans) e do bagre africano (Clarias gariepinus) para a tilápia do Nilo. Para tal, foi utilizado o método indireto, com o uso do óxido de cromo (III) (Cr2O3), como indicador inerte, incorporado na ração em 1 g·kg-1. Foram distribuídas 400 tilápias com 50±7,89 g (média ± DP) em 20 tanques cônicos em um delineamento experimental inteiramente ao acaso, constituído por cinco tratamentos com quatro repetições. Os tratamentos foram compostos de uma dieta referência e outras quatro dietas constituídas de 800 g·kg-1 da dieta referência e 200 g·kg-1 da farinha de carne e ossos de tilápias, catfish, pintado e bagre africano. A farinha de carne e ossos de pintado demonstrou melhor digestão para proteína bruta, cálcio e fósforo, enquanto a farinha de carne e ossos de tilápia obteve valor maior para extrato etéreo e energia digestível. Para matéria mineral, o maior resultado obtido foi para a farinha de carne e ossos de catfish. Os resultados deste estudo sugerem que a tilápia do Nilo apresenta limitada capacidade para digerir e utilizar os componentes presentes nas farinhas de ossos avaliadas. A presença de grande quantidade de colágeno estrutural nesses ingredientes e sua baixa digestibilidade pode ter causado redução na disponibilidade do cálcio e fósforo.

Palabras clave


Disponibilidade. Cálcio. Nutrição. Fósforo. Proteína.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v65i251.695

Enlaces refback



Copyright (c) 2016 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494