Efeito da concentração inicial de frutose sobre a conservação a 5 °c do sêmen caprino

B. G. Matos-Brito, I. C. S. Lima, J. F. Pereira, F. M. Barboza, M. A. B. Linard, G. V. Aguiar, A. G. V. Catunda, A. A. A. Moura, J. F. Nunes, A. C. N. Campos

Resumen


Foram coletadas 24 amostras de sêmen caprino. Cada ejaculado foi dividido em 4 alíquotas, e foram diluídas em citrato-gema de ovo (CG), TRIS-gema de ovo (TG) e água de coco industrializada-gema de ovo (ACI-G), a quarta, foi centrifugada para determinação da concentração de frutose e atividade da FLA2 no PS. O sêmen foi conservado a 5 ºC e avaliado a fresco, 2, 24 e 48 h, em cada tempo foi avaliado o vigor, motilidade e alterações morfológicas. Os reprodutores foram divididos em dois grupos: grupo I-concentração de frutose >710 mg/dL e o grupo II-concentração de frutose <480 mg/dL. O sêmen diluído em ACI-G apresentou resultados inferiores. O efeito de grupo foi observado apenas no sêmen diluído em ACI-G. CG e TG funcionaram de forma similar nos dois grupos. Nenhuma diferença na atividade da FLA2 foi encontrada entre os grupos. Por outro lado, a ACI-G não deve ser utilizada para a conservação do sêmen caprino.

Palabras clave


Água de coco industrializada-gema de ovo. Citrato-gema de ovo. Fosfolipase A2. TRIS-gema de ovo.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i237.764

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494