Tecnologia de bioflocos (BFT) no desempenho zootécnico de tilápias: efeito da linhagem e densidades de estocagem

J. Brol, S.M. Pinho, T. Sgnaulin, K. da R. Pereira, M.C. Thomas, G.L. de Mello, A. Miranda-Baeza, M.G.C. Emerenciano

Resumen


A necessidade de novas tecnologias para o cultivo de organismos aquáticos se faz cada vez mais presente, assim, o sistema de bioflocos, tecnologia concebida para trabalhar com nenhuma ou pouca renovação de água, começa a ter uso não somente na carcinicultura, mas também na piscicultura. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento e sobrevivência de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus – linhagem GIFT) e tilápia vermelha (Oreochromis sp.) em sistemas de bioflocos sob diferentes densidades de estocagem (400 e 800/m3) em água salobra (8‰). Foram utilizadas 16 caixas plásticas de 26L (19L útil) e estocados 192 alevinos (3,06 ± 0,2 g). Adotou-se um delineamento fatorial (linhagem x densidade) e um sistema macrocosmo-microcosmo. Durante 42 dias os animais foram alimentados três vezes ao dia com ração comercial contendo 45% de proteína bruta. Foram monitorados os parâmetros de qualidade de água e o perfil de microrganismos da mesma ao longo do experimento. No final, foi realizada uma análise bromatológica da biomassa de bioflocos. Os resultados sugerem a tilápia do Nilo (O. niloticus) a mais adequadas para esta fase (3-20 g) em um sistema de bioflocos em água salobra. Observou-se ainda que não houve efeito negativo no crescimento quando empregado densidade de 800 peixes/m³.

Palabras clave


Oreochromis. Linhagem. Crescimento. Bft. Comunidade planctônica. Berçário.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v66i254.2326

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494