Valor nutricional de alimentos alternativos para tambaqui (Colossoma macropomum)

K.J.A. Soares, F.B. Ribeiro, M.A.D. Bomfim, R.S. Marchão

Resumen


O experimento foi conduzido com o objetivo de determinar a composição química e os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca (CDAMS), proteína bruta (CDAPB), extrato etéreo (CDAEE) e da energia bruta (CDAEB) de alimentos alternativos para o tambaqui. No experimento foram utilizados 108 tambaquis com peso médio de 165,3 ± 15,6 g, em seis tratamentos e três repetições, sendo seis peixes por parcela experimental. Foram confeccionadas seis rações experimentais, sendo uma ração referência, baseada de farelo de soja e milho, e, as demais contendo 70% da ração referência, e 30% dos alimentos testados (farelo de arroz integral (FAI), farinha do feno da folha da leucena (FFL), farinha do feno da folha da mandioca (FFM), raspa da raiz integral da mandioca (RRIM) e a torta de babaçu (TB)). Para avaliar a digestibilidade aparente dos nutrientes, utilizou-se o método indireto de coleta de fezes por decantação e dióxido de titânio como indicador inerte adicionado à dieta em uma concentração de 0,1 %. Dentre os alimentos avaliados, a FFM, FFL e da TB contêm elevados teores de fibras, o que reduz os coeficientes de digestibilidade dos referidos alimentos. O FAI e a RRIM apresentam os maiores CDAMS, CDAPB, CDAEE e CDAEB, indicando que podem ser alimentos com potencial no uso em rações para tambaqui.

Palabras clave


Ácido graxo volátil. Coproduto. Glicose. Rúmen.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v66i256.2764

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494