Inoculação micorrízica arbuscular e adubação fosfatada no cultivo de forrageiras consorciadas

R. F. V. Carneiro, M. A. Martins, A. S. F. Araújo, L. A. P. L. Nunes

Resumen


Objetivou-se avaliar, em casa de vegetação, a resposta do cultivo consorciado entre o capim-andropogon e o estilosantes à inoculação com fungos micorrízicos arbusculares e aplicação de doses de fósforo em solo não esterilizado (condições naturais). Foi utilizado um Latossolo Amarelo Distrófico típico. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, num esquema fatorial 4 x 3, sendo quatro doses de P (0, 60, 120 e 240 mg dm-3 de solo) e três tratamentos microbiológicos (controle; inoculação com o fungo Glomus clarum e inoculação com o inóculo nativo), com 3 repetições. Realizou-se dois cortes da parte aérea, a cada 60 dias. Analisou-se a produção de matéria seca da parte aérea e raiz, os acúmulos de proteína bruta, P, K, Ca, Mg e S; porcentagem de colonização micorrízica em ambas as plantas e densidade de esporos. Os resultados demonstraram que o aumento das doses de P incrementaram significativamente as variáveis estudadas. Esses resultados foram evidenciados com a inoculação micorrízica, com destaque para a presença da espécie Glomus clarum, principalmente para o primeiro corte. A participação da leguminosa na matéria seca total do consórcio foi aumentada pela inoculação micorrízica nas menores doses de P. A colonização micorrízica e a densidade de esporos não foram influenciadas pelos tratamentos microbiológicos.

Palabras clave


Glomus clarum. Inóculo nativo. Nutrição mineral.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v60i232.4003

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2010 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494