Tambacus (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus) alimentados com rações artesanais de macaxeira e soja

G. Meyer, R.O. Corrêa, H. Martins-Junior, R.M. Silva, S.M. Costa, M.F.S. Santana

Resumen


O uso de rações artesanais é uma das alternativas que vem sendo discutidas para a viabilização da piscicultura familiar na Amazônia. A adoção desta estratégia, no entanto, requer o emprego de critérios para o balanceamento das rações. O objetivo deste estudo foi investigar o desempenho produtivo de tambacus (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus) quando alimentados com rações artesanais à base de macaxeira e farelo de soja, bem como avaliar a necessidade de suplementá-las em aminoácidos, energia e macro minerais. Para tanto, 813 juvenis (48,49±4,21 g) foram estocados em 15 tanques de concreto com fundo de terra (48,50±3,61 m2 x 0,8 m) e alimentados com cinco diferentes rações, sendo quatro delas artesanais e isoprotéicas (25% PB), a saber: C1 (macaxeira + farelo de soja + premix; como controle), R1 (C1 + fosfato bicálcico), R2 (C1 + fosfato bicálcico + óleo de soja), R3 (C1 + fosfato bicálcico + óleo de soja + DL-metionina) e C2 (ração comercial extrusada 32%PB; utilizada como parâmetro de comparação regional). Após 75 dias, foi detectado o efeito positivo (P<0,05) da suplementação de fosfato bicálcico sobre o ganho em peso, conversão alimentar, taxa de crescimento específico e taxa de eficiência protéica (TEP). Não foram detectados efeitos positivos da adição de óleo de soja ou de DL-metionina. Similarmente, não foram detectadas diferenças significativas entre as rações artesanais suplementadas com fosfato bicálcico (R1, R2 e R3) e C2, com exceção da TEP, que foi menor para os peixes alimentados com C2. Os resultados obtidos sugerem que é possível a criação de juvenis de tambacu com rações artesanais à base apenas de macaxeira, farelo de soja, premix e fosfato bicálcico, sem que haja prejuízos produtivos.

Palabras clave


Manihot esculenta. Glycine max. Ganho em peso. Fósforo. Metionina. Peixes.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v68i263.4196

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2019 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494