Componentes do processo de pastejo de cordeiros em azevém sob diferentes intensidades e métodos.

C. M. P. Barbosa, P. C. F. Carvalho, G. F. Cauduro , R. Lunardi, E. N. Gonçalves, T. Devincenzi

Resumen


O objetivo foi avaliar variáveis que compõem o processo de pastejo de cordeiros em pastagens de azevém anual (Lolium multiflorum Lam.). Os tratamentos foram duas intensidades de pastejo moderada e baixa (oferta de forragem 2,5 ou 5,0 vezes o potencial de consumo dos animais), em pastejo com lotação contínua ou rotacionada, com carga variável. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em um esquema fatorial (2 intensidades x 2 métodos x 3 repetições). Não houve interação entre os métodos e as intensidades e seus efeitos foram analisados de forma independente. As ofertas de forragem (OF) não foram diferentes (p= 0,3393) entre os métodos de pastejo, garantindo, assim, a condição fundamental para comparação entre os tratamentos. As massas de forragem (MF) foram: 3159 e 2327 kg de MS/ha, para os métodos de pastejo de lotação rotacionada e contínua, respectivamente; 1971 e 3514 kg de MS/ha, para as intensidades de pastejo moderada e baixa, respectivamente. Não houve diferenças significativas para número de refeições (NR), tempo de duração das refeições (TRf), número de intervalos entre refeições (IR), duração média do intervalo (DMI), tempo de pastejo (TP), de ruminação (TR) e gasto para outras atividades (TO) (p>0,1) em relação a métodos de pastejo. Não houve diferença estatística para TR, NR, TRf e IR (p>0,1) para as diferentes intensidades de pastejo. DMI, TP, TO, TB e TEA foram influenciados pelas intensidades de pastejo (p<0,1). Efeito de métodos de pastejo (p<0,1) foi observado apenas para TB e TEA, devido a maior MF na lotação rotacionada. A manutenção de intensidades de pastejo adequadas aos animais, mais do que a escolha entre métodos de pastejo mostrou ser de extrema importância, no que diz respeito à construção de ambientes pastoris sustentáveis para a produção de cordeiros de alta qualidade.

Palabras clave


Comportamento ingestivo. Tempo de pastejo. Ruminação.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v59i225.4890

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2010 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494