Efeitos da política cambial sobre as exportações de carne bovina brasileira.

F. l. Isaac, J. G. Souza

Resumen


O estudo teve como objetivo analisar a estrutura de mercado internacional de carne bovina e os efeitos da política cambial adotada pelo Brasil sobre as exportações e o preço da carne bovina brasileira, no período entre 1967 e 2003. Para se analisar o efeito da taxa de câmbio sobre os preços internacionais da carne bovina em moeda nacional, faz-se uso do método de análise conhecido por shift-share. Nessa análise, obtêm-se os efeitos isolados das variações dos preços da carne bovina em dólares (efeito dólar) e da taxa de câmbio (efeito câmbio) sobre as variações dos preços em moeda nacional (efeito total). Verifica-se que a política cambial adotada pelo Brasil teve efeito positivo sobre as exportações de carne bovina no período entre 1967 e 2003. A taxa de câmbio real é claramente uma variável relevante para o desempenho do setor, corroborando resultados já obtidos por outros autores.

Palabras clave


Carne bovina. Econometria. Economia. Exportação. Pecuária de corte.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v59i225.4893

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2010 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494