Produção fecal e digestibilidade estimada por indicadores internos comparados a coleta total

F. F. Silva, M. S. M. A. Aguiar, C. M. Veloso, A. J. V. Pires, P. Bonomo, V. S. Almeida, R. R. Silva, G. G. P. Carvalho, J. A. Marques, A. M. Dias, L. C. V. Ítavo

Resumen


Utilizaram-se 16 novilhas (¾ Holandês vs. ¼ Zebu), para as quais foi fornecida silagem de capim elefante acrescida de bagaço de mandioca como alimento único e, posteriormente, a silagem mais concentrado. Estimou-se a digestibilidade da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN) além da produção fecal por meio dos indicadores internos fibra em detergente neutro indigestíveis (FDNi) e fibra em detergente ácido indigestíveis (FDAi), os quais foram comparados ao método da coleta total. A utilização da FDNi para estimar a excreção fecal e digestibilidade da MS e da FDN da silagem apresentou diferença estatística (p<0,05) em relação àquela obtida pela coleta total. A FDNi superestimou a produção fecal e subestimou a digestibilidade da MS e da FDN, o que pode ser atribuído à variabilidade inerente ao material experimental. A excreção fecal estimada pela FDNi e pela FDAi das dietas diferiu estatisticamente (p<0,05) e foi diferente, da obtida pela coleta total. A FDAi superestimou a produção fecal e subestimou a digestibilidade da MS e da FDN e a FDNi subestimou a excreção fecal e superestimou a digestibilidade da MS e da FDN, resultado diferente ao encontrado quando foi estimada a excreção fecal e avaliada a digestibilidade apenas da silagem com diferentes níveis de bagaço de mandioca no presente experimento. Mais estudos com indicadores, devem ser realizados.

Palabras clave


FDAi. FDNi. Novilhas. Bagaço de mandioca.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v58i224.5065

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2008 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494