O nível de colesterol influencia a quantidade de folículos na punção folicular de vacas de corte

L. F. M. Pfeifer, I. Pivato, R. Rumpf, N. J. L. Dionello, A. Schneider, M. A. Goulart, M. N. Corrêa

Resumen


O objetivo deste trabalho foi avaliar o número de folículos por punção folicular (PF), a quantidade e a qualidade de ovócitos oriundos de vacas com diferentes níveis séricos de colesterol. Para a realização deste experimento foram utilizadas 5 vacas mestiças. Antes do início do experimento, todas as vacas receberam por 8 dias um dispositivo intravaginal liberador de progesterona e dois dias antes da retirada dos dispositivos todas as vacas receberam 0,150 mg de d-cloprostenol. As sessões de PF ocorreram a cada 4 dias, totalizando 6 sessões. Os animais receberam 0,150 mg de d-cloprostenol a cada 8 dias, juntamente com a troca dos dispositivos. Após avaliação do nível sérico de colesterol, as vacas foram divididas em dois grupos: G1 (colesterol<50 mg/dl) e G2 (colesterol>50 mg/dl). Foi registrado uma diferença (p<0,01) entre o G1 e o G2 quanto ao número de folículos/punção, 9,66 e 12,6, respectivamente, não sendo observado diferença (p>0,05) no número de ovócitos coletados e na qualidade dos mesmos. Verificou-se que vacas com níveis de colesterol superior à 50 mg/dl apresentaram um maior número de folículos aptos à punção.

Palabras clave


adicionais Qualidade de ovócitos. Foliculogênese.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v58i221.5336

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2007 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494