Caracterização agronômica de genótipos de milho para a produção de silagem

M. R. Silva, T. N. Martin, P. Bertoncelli, S. Ortiz, T. H. Schmitz, D. S. Vonz

Resumen


O objetivo deste trabalho foi avaliar às características agronômicas e a produtividade de seis genótipos de milho de ciclo super precoce quanto à produção de silagem no município de Dois Vizinhos, Paraná. O experimento foi conduzido na área experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. A altura média diferiu entre os cultivares, variando de 1,62 (Al-Piratininga) a 0,90 m (BMX 739). O híbrido AGN30A03 apresentou menor resistência ao acamamento de plantas e ao quebramento do colmo. Os genótipos BMX 739, CD 304, PRE22T11 e Al-Piratininga obtiveram as maiores produtividades de massa verde (638,81; 455,18; 620,98; 460,12 g planta-1, respectivamente). A variedade Al-Piratininga apresentou número de espigas planta-1 (1,11) superior ao das demais. Entre os materiais avaliados, o genótipo BMX 739, se destacou pelo rendimento de matéria seca ensilável por área e pela participação percentual de espiga (29 %) e grãos (26 %) na fitomassa.

Palabras clave


Forragem. Matéria seca. Zea mays.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v63i242.555

Enlaces refback



Copyright (c) 2013 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494