Adição de água em rações para suínos em crescimento

L. A. Farias, R. C. Nunes, E. L. Lopes, J. H. Stringhini, L. R. Oliveira, A. M. Luna, D. A. Araújo

Resumen


Para avaliação dos efeitos da adição de água em rações fareladas sobre a digestibilidade de nutrientes e energia, desempenho, ingestão de água e qualidade dos dejetos em suínos na fase de crescimento, foram utilizados 12 suínos machos castrados com peso inicial de 44,0 ± 3,1 kg, para o ensaio de digestibilidade, distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, baseado no peso dos animais, e 18 suínos machos castrados e 18 fêmeas com peso inicial de 33,0 ± 3,5 kg, para o ensaio de desempenho, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. Todos os animais eram híbridos comerciais da linhagem Agroceres Pic. Foi formulada uma ração para atender as exigências dos animais (tratamento um), os tratamentos dois e três consistiram da mesma ração, com a adição da mesma proporção de água e com o dobro de água, respectivamente, sendo a unidade proporcional utilizada o quilograma. Não houve diferença estatística entre os tratamentos para os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, energia bruta, extrato etéreo, cálcio e fósforo, para as variáveis de desempenho e umidade, nitrogênio e fósforo fecal. Em termos absolutos a redução da ingestão de água de bebida de animais que recebem dieta líquida é de 17,81 % e a excreção de fósforo fica reduzida em 15,4 %. A adição de água em rações de suínos na fase de crescimento não influencia a digestibilidade aparente dos nutrientes da dieta, nem o desempenho dos animais quando o arraçoamento é realizado duas vezes ao dia.

Palabras clave


Dejetos. Desempenho. Digestibilidade. Ração.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.21071/az.v62i239.644

Enlaces refback



Copyright (c) 2012 Archivos de Zootecnia



DESCARGA NUESTRA APLICACIÓN PARA SMARTPHONES

Haz click y sigue las intrucciones

Aplicación Móvil y Shorcut para Apple

Copyright

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Editorial

UCOPress. Cordoba University Press (UCOPress Editorial Universidad de Córdoba)

ISSN: 1885-4494